Histórico

12348

SOBRE O PRÉDIO

Em 1911, foi criado em Santa Catarina, um novo tipo de escola, já não existente no Estado de São Paulo: o Grupo Escolar, cujo prédio, dividido em “Secção Masculina” e “Secção Feminina”, congregava diversas classes de alunos, cada qual com o seu professor responsável, sob a supervisão de um diretor. Esse tipo de escola substituiu a tradicional primária, onde não havia seriação de ensino, e um mesmo professor, o “Mestre Único”, ensinava todos os alunos.

As vantagens inovadoras do grupo escolar eram analisadas pelos educadores da época: divisão de trabalho, seriação de ensino, economia de instalações. Foi sob essa modernização, no Governo do Cel. Vidal de Oliveira Ramos, que se inaugurou o Grupo escolar Victor Meirelles, no dia 4 de dezembro de 1913. o mobiliário, como para as demais escolas dessa natureza, veio dos Estados Unidos e de São Paulo. Havia um pequeno gabinete de Física e de Química, um museu escolar e um piano para as aulas de canto. Naquela década, pregava-se a reforma do ensino, principalmente com o método intuitivo da Escola modelo dirigida por Miss Marcia Browe.

E houve, aí, a era da lousa, do caderno de linguagem, de caligrafia, os quadriculados cadernos de matemática, cujos exercícios eram feitos à caneta molhada no tinteiro, sempre protegida pelo famoso mata-borrão.Nas festas cívicas, no pátio interno, ataviadas verde e amarelo das bandeiras que se asteavam sob a emoção dos uniformes azul e branco, ouviam-se entusiásticas declamações que interpretavam a sensibilidade de nossos escritores! Mais tarde, ao Grupo Escolar fora anexado o curso complementar- onde se estudavam alemão, francês, extensos ponto de história,geografia, ciências… desenho artístico! Daí saíam professores para as  escolas isoladas, e recursos humanos que assumiam funções na vida de Itajaí.

Substituiu o curso complementar o Normal regional, mais especificamente voltado à formação para o magistério. Excelentes serviços sócio-educacionais prestou este estabelecimento de ensino na formação de tantas gerações! Itajaí muito lhe deve! Da lousa à Seleta em prosa e Verso, correspondeu aos propósitos da educação catarinense, situado à Rua Hercílio Luz, centro da cidade, hoje abriga a Casa da Cultura Dide Brandão inaugurada em 1982.
Texto de Rosa de Lourdes Vieira e Silva, recolhido do livro “Itajaí Imagens e Memória”, de Lindinalva Deóla da Silva.

QUEM FOI DIDE BRANDÃO

José Bonifácio Brandão, o J. Brandão, conforme autografava seus trabalhos artísticos, ou Dide Brandão, como toda Itajaí o conhecia e o chama, foi pintor, desenhista, gravurista, entalhador e escultor – e o mais notável artista plástico itajaiense.

Fez curso de pintura na Escola Nacional de Belas-Artes, no Rio de Janeiro, depois vieram as primeiras exposições, e recebeu o batismo de fogo e obteve uma “menção honrosa” no V Salão Municipal de Belas-Artes, no Rio de Janeiro,  em 1952.

De volta a sua cidade fez sua primeira individual em 1955, nos salões da Sociedade Guarani. Seguiram-se outras 18 exposições coletivas e 17 amostras individuais em várias cidades brasileiras, sua obra projetou-se nos meios artísticos nacionais com a conquista de inúmeros prêmios.

Em Brasília, inaugurou a Galeria de Arte “Banga”, local de referência obrigatória na capital federal; cidade onde foi também sócio-fundador da Associação de Artistas Plásticos e recebeu o título de “emérito professor”. Em 1974, participou do “Dicionário Brasileiro de Artistas Plásticos”, organizado por Carlos Cavalcanti.

Dide Brandão faleceu em 1º  de fevereiro de 1976, num acidente automobilístico na BR-101, município de Penha (SC), em companhia de seu irmão, o escritor Arnaldo Brandão e outras duas irmãs, aos 52 anos.
Fonte: <http://www.fundacaoculturaldeitajai.com.br>

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s